STEEL FRAME

Conheça as principais vantagens desse sistema construtivo

Light Steel Frame (Estrutura de Aço Leve) ou LSF

AS VANTAGENS DO STEEL FRAME

Este sistema construtivo é feito em aço galvanizado “engenheirado” e obedece todas as normas regulamentadoras do setor com a mais alta tecnologia, resistência e desempenho. Com ele, é possível elaborar um orçamento assertivo, com eficiência do começo ao fim do processo.

Para ter SUA CASA NOVA E INCRÍVEL, preencha nosso formulário de Consulta de Projeto e faremos contato com você!

#1 – Industrialização do sistema

Todos os materiais utilizados em uma construção feita em Steel Frame são industrializados, não há trabalho com materiais artesanais em uma obra completamente industrializada, uma vez que isso pode causar problemas de incompatibilização. 

  • Todas as peças tem padrão de medida, o que garante firmeza e correção no momento da montagem e instalação sem necessidade de recortes ou ajustes.
  • As placas de fechamento saem de fábrica com superfície uniforme, o que garante qualidade superior de acabamento, ao contrário dos acabamentos feitos em alvenaria, nos quais não há garantia de uniformidade no cobrimento com reboco.
  • Todos os materiais componentes do sistema Steel Frame possuem rígido controle de qualidade e de processo de execução, o que confere enorme durabilidade à estrutura.
  • Sistema industrializado traz grande velocidade de execução à sua obra, uma vez que chega pronto para uma montagem ágil.

#2 – O aço do Steel Frame é garantido

Uma obra feita em aço possui rígido controle de qualidade e desempenho, o que reduz a necessidade de uso de coeficiente de superdimensionamento da estrutura, como acontece numa estrutura de concreto, por exemplo. Deste modo, reduz-se também o desperdício de material, o que gera economia de dinheiro.

Uma vez que as siderúrgicas fazem testes de escoamento e galvanização quando fabricam as bobinas de aço para demonstrar e garantir que está produzindo de acordo com as normas para sua utilização, recomenda-se pedir ao fornecedor o certificado do aço no momento da sua aquisição.

#3 – Projetistas especializados

Há no mercado uma grande gama de engenheiros e arquitetos especializados em projetos para construção em Steel Frame. Mas é importante diferenciar os projetistas que projetam dos projetistas que projetam e dimensionam, uma vez que o dimensionamento da estrutura é a parte mais importante de uma obra feita em Steel Frame.

#4 – Galvanização para resistir à ferrugem

Galvanização é uma proteção aplicada ao perfil de aço da estrutura de Steel Frame que garante que ele não enferruje. No Brasil, este proteção é feita com Zinco 275. Há quem faça a proteção dos perfis com “galvalume” – zinco com alumínio – mas este processo está fora da norma, portanto, proibido. Este é mais um motivo para se solicitar o certificado do aço, verificar sua zincagem.

Há testes comprovando que uma estrutura de Steel Frame com perfis enclausurados (ou seja, sob a proteção das placas de fechamento) pode durar até 1.000 anos. Se expostos ao tempo, estes testes indicam que a estrutura dure até 150 anos.

Sua Obra em Steel Frame

Orçamento assertivo e eficiência de ponta a ponta

#5 – Leveza e economia

Uma estrutura de Steel Frame é uma estrutura leve e gera uma economia enorme para sua obra, porque:

  • Exige menos investimento em alicerce (fundação).
  • Demanda uma equipe de montagem menor, portanto gasta menos com mão de obra.
  • Uma obra residencial em Steel Frame exige apenas andaime, portanto gasta menos com equipamentos pesados.

#6 – Disponibilidade

Encontrar fornecedores de material para fechamento de uma construção feita em Steel Frame é fácil, uma vez que a cultura da obra seca (Drywall) já está bem disseminada em todo o Brasil.

#7 – Montagem fácil e rápida

Não há mistério: o arquiteto faz o projeto de arquitetura e o engenheiro faz o projeto de estrutura em Steel Frame, e este projeto é enviado para a máquina de corte e dobra dos perfis. Assim, se você tem um bom projeto e ele foi industrializado, a montagem da estrutura vai ser muito mais rápida e fácil, quase que como uma brincadeira de montar!

#8 – Resistência ao fogo

Todos os materiais componentes do sistema Steel Frame passam por diversos testes de resistência ao fogo quando são fabricados, e todos estes testes são homologados e certificados.

Por isso, é possível saber com precisão quantos minutos cada um dos materiais componentes do sistema resiste ao fogo, ao contrário da construção convencional, em alvenaria, onde não é possível saber qual é a espessura de um reboco, pois não há padrão, uniformidade (claro, isso impede saber se a parede de alvenaria resiste a X ou Y minutos).

Se você tem alguma dúvida sobre o uso do Steel Frame na construção de sua casa, fale conosco pelo Whatsapp.

Sua Casa em Steel Frame

Conforto, desempenho e durabilidade. Faça uma consulta!

Breve Histórico

Uma inovação para o mercado da construção no Brasil

Embora o Steel Frame ainda seja considerado uma inovação para o mercado da construção no Brasil, o sistema baseado em frame teve origem no início do século XIX, nos EUA. Nesta época, as casas eram feitas com madeira, mas a conquista do Oeste e o crescimento da população em territórios antes desocupados aumentou muito a demanda por novas casas, o que exigiu o desenvolvimento de processos de produção mais rápidos a partir do mesmo material base, a madeira. Surgiu, então, o sistema baseado em frame, o Wood Frame, que viria a se tornar o sistema mais comum para produção de residências nos EUA.

No começo dos anos 30, no século XX, o desenvolvimento da indústria do aço levou ao lançamento do protótipo de uma casa feita com perfis de aço substituindo a madeira, o Steel Frame. Após o término da Segunda Guerra Mundial, com o crescimento da economia americana e da indústria do aço, o Steel Frame passou a tomar parte do mercado do Wood Frame devido à sua leveza e maior resistência às intempéries.

Nesta época, o governo japonês começou a restringir o uso da madeira para produção de casas e incentivar a construção com uso de tecnologias resistentes ao fogo. Assim, o Japão passou a produzir casas em Steel Frame para substituir aquelas que haviam sido destruídas pelos bombardeios e incêndios, tornando-se, com o tempo, um mercado com grande desenvolvimento da indústria de aços leves para construção. 

Nos anos 90, devido à instabilidade no preço e qualidade da madeira para a construção civil, o uso do aço cresceu ainda mais. Até o final daquela década, estima-se que um quarto das casas construídas nos EUA foram feitas em Steel Frame.

Nos países onde predomina a construção industrializada, o Steel Frame é amplamente utilizado há mais de 3 décadas, destacando-se EUA, Inglaterra, Austrália, Japão e Canadá. O Steel Frame chegou ao Brasil no final da década de 90, sendo utilizado na produção de obras de médio e alto padrão. Hoje, com a disseminação de sua alta produtividade, resistência e racionalização de processos, tem crescido seu uso na construção tanto de casas, quanto de conjuntos habitacionais.


Você é Fornecedor?

Faça seu cadastro para receber os pedidos de orçamentos e serviços que chegam até nós e aumente seu faturamento